Bookaholic Lis » Blog Archive » RESENHA: Horizontes – Revelações

Wednesday, 15-12-2010 às 23:03 Por Lis Alcantis, resenha

HORIZONTES – REVELAÇÕES
Autor: Roberto Laaf
Editora: Alcantis
Páginas: 168
Nota:

Sinopse: Ana Clara possui um raro dom de premonição que lhe permite saber quando uma pessoa está com a vida ameaçada, bastando, para isso, o mínimo de contato físico com ela para que terríveis visões de assassinato fervilhem em sua mente.

Após muitos anos adormecido, o dom de Ana Clara ressurge de forma inesperada, trazendo-lhe visões apavorantes com sua melhor amiga sendo brutalmente assassinada.

Sua angústia é saber que, em todas as vezes que seu dom se manifestou através de suas visões, as pessoas morreram. Agora, ela deseja desesperadamente evitar o assassinato de sua amiga.

No primeiro livro da trilogia, Revelações, somos apresentados a Ana Clara, uma médica veterinária bastante dedicada ao trabalho, e sua amiga Clarisse, também veterinária, que é idêntica fisicamente a Clara e as duas se consideram inseparáveis. Como já diz na sinopse, Ana Clara tem um dom de premonição, o qual estava até então ‘desligado’ e retorna com força mostrando imagens de Clarisse morta. Junte a isso um chefe irritante, um guarda pegajoso e o desejo incontrolável que alguns homens têm de dominar as mulheres e você terá uma trama formada.

A princípio, imaginei que a história falaria mais desse dom e da vida das garotas, como em um livro de ficção sobrenatural. Contudo, o foco não é esse, mas sim uma trama policial que mostra como homens bastante machistas tentam ser superiores as mulheres para conseguirem o que querem; o que normalmente significa SEXO.

A história é contada de forma direta e objetiva, mas alguns trechos me pareceram cansativos pelo excesso de características dadas aos lugares, situações, personagens. Não que isso prejudique a narração! Até porque o livro conseguiu deixar aquela pontinha de suspense para o segundo volume.

Infelizmente, eu esperava outro tipo de história e talvez, por isso, não tenha atingido as minhas expectativas. Mesmo assim, indico o livro para quem está procurando uma trama policial de leitura rápida e sem rodeios.

Obrigada Roberto Laaf e Vinícius (editora Alcantis) por cederem um exemplar do livro para que eu pudesse ler e resenhar, divulgando o trabalho de mais um escritor brasileiro.

E fiquem atentos, pois dependendo do número de comentários atingidos farei um sorteio do exemplar que recebi! Então, não deixem de comentar 😉





8 Comentários em “RESENHA: Horizontes – Revelações”

Mariana Ribeiro @ 15-12-2010 – 23:59

Olá Lis, após ler a sua resenha, percebi que este livro não despertou meu interesse em lê-lo, mas quem sabe depois de ler todos que são prioridade para mim no momento poderei conferir esta história.
Mesmo assim gostei muito da forma como você resenhou o livro sem divulgar spoilers rsrs;
Bjos.

Juh @ 16-12-2010 – 01:12

Gostei da resenha, mas realmente eu também pensava que se tratasse de outro tipo de história!
Mas enfim, vou ler mesmo assim
beijos
Livros e blablabla

Fernanda Leite @ 16-12-2010 – 09:57

Que legal! Não é o tipo de livro que eu escolheria para ler no início de uma noite, porque ia ficar provavelmente com medo e não ia dormir, mas com certeza eu daria uma chance!
Como eu ODEIO homem machista, minha nossa! Lis, você realmente anda lendo pensamentos… Anteontem, quando estávamos almoçando, meu pai falou de uma história de um sheik que se interessou pela mulher de um dos jogadores do time dele, então ele parece que fez um acordo com o cara, e determinados dias ele ia ficar com a mulher dele! Olha que ABSURDO! Só porque o cara é rico acha que pode ter o que quiser, como a mulher dos outros? Tá que a moça em questão também parece não ter nenhum tipo de amor próprio, ou amor feminino, mas mesmo assim! EU fiquei TÃO, MAS TÃO revoltada com esses caras que acham que podem tudo! Se eu fosse advogada, eu queria defender as mulheres que sofrem de abusos dos homens, só pra colocá-los todos na cadeia! (Tá, essa seria a minha segunda opção, porque a primeira é defender os consumidores dos abusos das empresas… Nossa, me dá até uma queimação no estômago só de pensar…)
Tá, o comentário ficou gigante!

Beeijo!

Tatiana Leite @ 16-12-2010 – 10:01

Romances policiais são ÓTIMOS! eu gosto muito de ler esse tipo de livro porque normalmente eu fico MUITO nervosa, a ponto da cabeça não conseguir pensar em mais nada, de eu ficar com o estômago apertado, de não deixar a Fernanda em paz… hauhauhauahuahua
E esse negócio dos homens que querem controlar as mulheres?? Eu ODEIO isso com todas as minhas forças! Sou muito feminista e acho um absurdo uma mulher que se deixa controlar! Dá muita vontade de mandar todos eles pra uma cadeia, pra um centro de reabilitação que mostre a insignificância deles perante toda o mundo… Tah, estou exagerando um pouco.. ^^
E eu fiquei muito curiosa pra saber se a Clarisse vai sair viva dessa história! Como assim ela ia morrer? E a Ana Clara? Já não bastava ficar vendo os outros morreres? Tadinha!

Eu adorei a resenha!
Beeijo! ;3

Mariane @ 16-12-2010 – 22:24

Ai Lis, tô doida pra ler esse livro *_____________*
Mas eu também achava que falava mais sobre o dom, se bem que eu curto trams policiais 😛

Beijo

Cacá @ 17-12-2010 – 03:56

Acho que pela sinopse todo mundo achou que fosse mais sobrenatural…rss
Mas livros policiais são legais também, ;D
Beijos

Léka @ 24-12-2010 – 12:04

Acho super válido reconhecer que muitas vezes não gostamos do livro por esperarmos outra coisa…Isso acontece com MUITA frequência comigo. Minha teoria é de que é tudo culpa dos booktrailers enganadores rsrs =P

A estória parece interessante e é policial =] (ok, eu gosto de estórias policiais) ! Mas essa questão de homens que tentar dominar as mulheres me lembra “Os homens que não amavam as mulheres” e, claro, joga minhas expectativas nas alturas – o que, como você colocou, as vezes acaba nos frustrando!

:**,
Léka

Nanda Meireles @ 30-12-2010 – 16:53

Acho que o problema é que estamos cercados de literatura fantástica, assim quando ouvimos falar em dom e morte, ligamos logo à fantasmas, anjos e afins, rs.
Gostei muito da sua resenha, agora que estamos alertadas não corremos o risco de nos decepcionar e poderemos apreciar a leitura pelo que ela realmente é.
Bjs



Posted in Uncategorized